Início do conteúdo

29 de Setembro de 2017

Mercur participa de evento da Harvard Business Review sobre inovação

Versão brasileira do evento recebeu palestrantes nacionais e internacionais para falar sobre gestão e decisões no dia a dia nas empresas e negócios

IMG_4382.JPG

FOTO: Engaje Comunicação/Divulgação

Inovação, liderança, cultura organizacional e estratégia foram os temas da HBR Brasil Week, promovida pela revista Harvard Business Review Brasil nos dias 26 e 27 de setembro. O facilitador da Mercur, Jorge Hoelzel, foi convidado a participar de um painel juntamente com Andrew Winston, fundador da Winston Eco-Strategies, que palestrou sobre empresas mais humanas e sustentáveis.


Jorge falou sobre a caminhada de 93 anos da Mercur e sobre como em 2007 sentiram que era hora de fazer uma grande mudança. "Antes a empresa vivia em um contexto tradicional de competição. Em determinado momento teve foco na exportação de seus produtos e exportava para 30 países, o foco era nas vendas. Hoje, diminuímos radicalmente as exportações, Em vez de global, progressivamente a Mercur se esforça para se tornar cada vez mais local. Nos interessa menos o volume de vendas e mais a qualidade. Queremos evoluir e não apenas crescer", contou.


É por isso que hoje, segundo ele, a empresa procura entender a necessidade das pessoas antes de tudo e, no ambiente de trabalho há um convite para o despertar da autonomia das pessoas. "O propósito da Mercur é ajudar as pessoas no desenvolvimento do seu bem-estar. A vida no trabalho é apenas um pedaço da vida", diz.


Para chegar no que se encontra hoje, Jorge conta que foi preciso quebrar paredes hierárquicas. Por isso, não há mais diretor ou gerentes, mas existem Colegiados com representantes das diversas áreas que tomam suas decisões em conjunto. As reuniões são feitas em círculos e há sempre o cuidado para que todas as conversas gerem aprendizados. Nesta caminhada, a visão da Mercur para 205O está baseada em relacionamentos que valorizem a vida a partir de iniciativas locais de bem-estar.


Winston, que também participou do painel, falou sobre como o mundo dos negócios está enfrentando mudanças sem precedentes. "Novos riscos e oportunidades são apresentados. Os riscos declinam principalmente sobre a economia (crise fiscal, desemprego) e climáticos e ligados a recursos naturais (escassez de água, mudanças de clima extremas, etc). O que acontece é que a tecnologia, como as redes sociais, estão facilitando o escrutínio das companhias e as forçando a responder perguntas de clientes, comunidades, governos e empregados", disse.

 

Informações para a Imprensa:

Engaje Comunicação Inteligente

Fernanda Dreier e Rosângela Florczak

(51) 9 9550.8614 e 3378.1136

mercur@engajecomunicacao.com

 

Galeria da notícia