Início do conteúdo

25 de Janeiro de 2018

E se o material escolar fosse compartilhado?

Tinta guache lavável com bico dosador possui características que incentivam a autonomia e cooperação 

IMG_3415.jpg

Divulgação/Mercur

Em tempos de comunicação ágil, há muitos grupos de pais conectados para trocar informações sobre o dia a dia e a educação das crianças na escola. Entre os temas em pauta, o consumo infantil, uma alimentação saudável e o meio ambiente. A Mercur, empresa que atua nos setores de educação e saúde, vem trilhando uma caminhada de mudanças e aprendizados, por este motivo busca participar e cooperar com estes debates que valorizam a vida. Para favorecer o uso compartilhado de materiais na escola e em espaços coletivos, por exemplo, a indústria desenvolveu a Têmpera Guache Lavável com Bico Dosador. Um produto que surgiu a partir de diálogos com educadores. 

IMG_3528.jpg

Aprender a compartilhar os materiais também pode ser divertido Divulgação/Mercur

Vamos supor que em uma turma escolar há 15 crianças. Se cada uma precisar comprar uma caixa com seis cores de tinta, teremos 90 potes de plástico e 15 caixas de papel, que vieram dentro de caixas maiores que provavelmente viajaram pelo País emitindo gases de efeito estufa. No final das contas, pode ser que uma cor seja mais usada que a outra, que a tinta seque pelo tempo de uso e seja desperdiçada pela criança, entre outras questões apresentadas pelos educadores. Com uma compra coletiva, as seis cores de Tinta Guache Lavável com Bico Dosador atenderiam a demanda.

Econômica, fácil de manusear e lavável, oferece um acabamento brilhante e não solta resíduos depois de seca. A tinta é feita com resina vegetal, uma matéria-prima renovável na natureza. O bico dosador facilita a transferência para outros recipientes sem desperdício, favorecendo o consumo responsável. Outro ponto destacado pela equipe de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Mercur, é que a tampa com válvula não permite a entrada de ar na embalagem e nem o contato com o pincel, fazendo com que a tinta fique protegida e mantenha sua integridade por mais tempo.

"A Mercur vê a educação como um processo contínuo em que a criança aprende, experimenta, empreende e se legitima através da interação com o outro e com o coletivo. Quando percebemos, desde pequenos, que o mundo é um grande espaço compartilhado, que necessita de pessoas preparadas e responsáveis para cuidarem dele, será mais do que tinta, será um momento de reflexão em sala de aula", sugere Márcia Murillo, pedagoga da Mercur.

IMG_3628.jpg

Quanto eu preciso para o meu desenho? Embalagem facilita aprendizado sobre dividir com os colegas e evitar o desperdício na escola Divulgação/Mercur

Por estes motivos a intenção da empresa é que a tinta sirva também como ferramenta pedagógica ao professor, possibilitando conversas significativas para além dos conteúdos presentes no currículo escolar, como o incentivo à autonomia por meio do ato de servirem-se sozinhas. Outros pontos que podem ser abordados sobre o compartilhamento de materiais são:

CONSUMO RESPONSÁVEL: nesta fase de formação de valores na criança, falar sobre questões que envolvem o ato de consumir é algo importante. Podemos utilizar a tinta, e conversar sobre a importância de evitar o desperdício, reconhecendo que ele gera impactos para o meio ambiente e para as pessoas.

EMPATIA: colocar-se no lugar do outro! A construção do processo de ser sensível ao colega, de saber esperar a sua vez de usar o material, aprender a pedir, ter paciência e perceber os benefícios de colaborar com o outro.

COOPERAÇÃO: aprender sobre relacionar-se de forma cooperativa, respeitando os limites de cada um e unir esforços em torno de um objetivo comum.

IMG_3211.jpg

Outros materiais como giz de cera, lápis de cor e cola também podem ser compartilhados Divulgação/Mercur

Informações para a Imprensa:

Engaje Comunicação Inteligente

Fernanda Dreier e Rosângela Florczak

(51) 9 9550.8614 e 3378.1136

mercur@engajecomunicacao.com

Galeria da notícia