Desfile de Moda Inclusiva apresenta roupas com propósito e celebra a diversidade - Mercur

Notícias

Desfile de Moda Inclusiva apresenta roupas com propósito e celebra a diversidade

Voltar
24/08/2017

Desfile de Moda Inclusiva apresenta roupas com propósito e celebra a diversidade

Uma mulher está desfilando no palco. Ela veste uma saia bordô de couro e uma blusa bordô com mangas transparentes e detalhes coloridos.

Diversidade foi o que se viu na 2ª edição do Desfile de Moda Inclusiva promovido pelo curso de Design de Moda da Univates, em parceria com a Mercur, na noite do dia 23. Em uma noite muito especial, no Teatro da universidade, em Lajeado, 31 modelos, com e sem deficiência apresentaram as coleções desenvolvidas como trabalho de conclusão da graduação em Moda.

O evento, que fez parte das atividades da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, teve como objetivo principal apresentar roupas que proporcionem bem-estar, independência e funcionalidade ao dia a dia de todas as pessoas.

Segundo Heloísa Sangalli Beneduzi, uma das alunas que criou peças para o desfile e trabalhou com modelos de baixa estatura e com nanismo, o mais gratificante de todo o trabalho foi fazer algo com propósito, para atender as necessidades de alguém. “Essas mulheres precisam adaptar a maioria das roupas, o que modifica bastante a peça e faz com que a modelagem não fique tão certinha no corpo. Para mim foi um desafio encontrá-las, fazer com que se sentissem bem e participassem. Agora nos tornamos amigas”, conta.

Daiane Mongenstern, uma das modelos que desfilou com as roupas criadas por Heloísa, ressalta que a atitude serve para conscientizar mais pessoas sobre a diversidade que existe no mundo: “Foi muito bacana porque percebi que tem alguém olhando não apenas para o perfil padrão imposto pela sociedade. Pessoas que não têm como foco desenvolver roupas visando lucro ou a beleza, mas sim pensando na necessidade. Eu adorei participar, porque por mais que encontre roupas para a minha estatura, sempre é preciso adaptar ou elas não se adequam ao meu estilo”.

A professora e orientadora do trabalho de Heloísa, Beatriz Rossi, ressaltou que a ideia de vincular o TCC à moda inclusiva foi resultado do sucesso e aprendizados do primeiro desfile, realizado em 2016.  “Um dos motivos que nos levou a incluir nas coleções do TCC uma peça de moda inclusiva foi o fato de que se a gente quer incluir de verdade, precisamos dessa mescla, dessa diversidade, dessa mistura entre as pessoas com e sem deficiência”, relata.

Para Camila Lima, colaboradora da Mercur que atua no projeto Diversidade na Rua, é uma alegria chegar a 2º edição do Desfile. “Conseguimos enxergar muitas evoluções em comparação à primeira edição. Ver pessoas com e sem deficiência compartilhando do mesmo espaço, isso define o que é inclusão. As pessoas precisam ter suas necessidades atendidas para viver bem em sociedade. Com certeza, para quem sabe uma 3º edição, conseguiremos chegar a resultados diferentes porque estar com as pessoas nos proporciona isso: aprendizados constantes”, comemora.

Além do desfile, a noite teve outros momentos especiais: a apresentação de integrantes da Apae de Estrela e o monólogo Ícaro, interpretado pelo ator gaúcho Luciano Mallmann, que em 2004, após cair durante uma acrobacia em tecido, sofreu uma lesão na medula e tornou-se cadeirante. Luciano ganhou a atenção de todos durante sua apresentação. A identificação do público com as histórias narradas por ele foi imediata.

 

Informações para a Imprensa

Engaje Comunicação Inteligente

Fernanda Dreier e Rosângela Florczak

(51) 3378.1136 | (51) 99550.8614

mercur@engajecomunicacao.com

 

Acompanhe as notícias do universo Mercur

Cadastre seu e-mail ao lado e receba
todas as notícias e conteúdo exclusivo.

Created by Avanti