Facilitador da Mercur participa de painel sobre lideranças inovadoras no CONARH - Mercur

Notícias

Facilitador da Mercur participa de painel sobre lideranças inovadoras no CONARH

Voltar
17/08/2017

Facilitador da Mercur participa de painel sobre lideranças inovadoras no CONARH

Jorge está sentado em uma poltrona em cima de um palco. Ele está com o microfone na mão.

Só há inovação e diversidade onde há confiança verdadeira. Então, o que podemos fazer para inspirar mais confiança? O questionamento foi da jornalista Maíra Habimorad, da Globo News, que mediou nesta terça-feira (15) o Painel Lideranças Inovadoras, do qual o facilitador da Mercur Jorge Hoelzel Neto participou durante o 43º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas (CONARH), em São Paulo. Também compuseram a roda de conversa os CEOs da joalheria Pandora, Rachel Maia, e do Grupo Gaia, João Paulo Pacífico.

Jorge falou sobre o percurso da Mercur nesses 93 anos e sobre os vários momentos de inovação pelos quais passou, em especial, o atual, que é o de buscar e admitir um jeito próprio de fazer as coisas para as pessoas e com elas. Neste sentido, o facilitador explicou que hoje não há cargos definidos na empresa e nem uma área de recursos humanos. O que se tem é uma área de Talentos Humanos e que cada colaborador participa de várias etapas e pode ajudar a construir o momento que está vivendo na empresa: “Não temos planos de carreira, mas de vida. Não é só um emprego. Apenas um plano de carreira é muito pouco para o ambiente diverso da Mercur. Queremos ajudar as pessoas a construir o plano de vida delas, a olhar para as suas habilidades, interesses e seus potenciais”, conta.

Quando questionado sobre a decisão de negócio mais difícil no processo de transformação da Mercur, relata que foi a compreensão por buscar conhecimento em fontes antes não tão presentes, como a educação para a vida, a saúde e a convivência com os usuários dos produtos para co-criar soluções que atendam verdadeiras necessidades. “A inovação tem o mesmo risco que a estagnação. O risco de ficar fazendo sempre a mesma coisa, aliás, é muito mais alto. Um líder precisa dar espaço para que as pessoas tragam as respostas, para que construam”, diz.

O ganho de conhecimento e o tratar as pessoas com respeito e inspirar nelas reflexões, supera qualquer perda de velocidade exigida quando o propósito é apenas financeiro. “O resultado de fazer as coisas junto com as pessoas é infinitamente melhor e maior. Como seria a sua vida se você fosse convidado a construir essa vida que você está vivendo?”, propôs Jorge aos participantes.

A mediadora do painel disse perceber que existe uma alma na Mercur e segundo Jorge isso está diretamente relacionado ao cumprimento do propósito da empresa e ao fato de que não há área mais ou menos importante na construção de soluções, mas todos conversando e definindo juntos, para além do que é levantado no colegiado administrativo.

 

Informações para a Imprensa:

Engaje Comunicação Inteligente

Fernanda Dreier e Rosângela Florczak

(51) 9 9550.8614 e 3378.1136

mercur@engajecomunicacao.com

Acompanhe as notícias do universo Mercur

Cadastre seu e-mail ao lado e receba
todas as notícias e conteúdo exclusivo.

Created by Avanti