Mercur e Univates realizam segunda edição do Desfile de Moda Inclusiva - Mercur

Notícias

Mercur e Univates realizam segunda edição do Desfile de Moda Inclusiva

Voltar
16/08/2017

Mercur e Univates realizam segunda edição do Desfile de Moda Inclusiva

Coleções fazem parte do Trabalho de Conclusão da graduação em Moda e serão apresentadas por modelos com e sem deficiência

Duas mulheres estão em um palco. Uma delas está com a camiseta do Desfile de Moda Inclusiva e a outra está com um vestido produzido por uma aluna.

O curso de Design de Moda da Univates (Lajeado), em parceria com o projeto Diversidade na Rua, da empresa Mercur, promove no dia 23 de agosto, às 19h30, a segunda edição do Desfile de Moda Inclusiva. O evento acontece na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência e conta com o envolvimento de formandas do curso e Associações e Instituições de pessoas com deficiência das cidades de Lajeado e Estrela.

A ideia de promover um desfile surgiu em 2016 em um workshop sobre deficiência física e beleza do Diversidade na Rua, projeto dedicado à cocriação de soluções para atender as necessidades das pessoas com deficiência. Na primeira edição, realizada em agosto do ano passado, o curso de Design de Moda trabalhou as peças dentro de uma disciplina chamada Ergonomia. Cada estudante produziu as roupas do desfile, baseado nos sonhos dos modelos. “Foram muitas pessoas envolvidas neste processo, que nos trouxe muitas descobertas e momentos especiais. Estamos felizes em chegar na segunda edição, é muito bom quando vemos acontecer mudanças que pensam no bem-estar de todos”, ressalta Silda Santos, coordenadora do projeto na Mercur.

A partir dos resultados da primeira edição, o curso de Design de Moda da Univates se propôs a incorporar a proposta à grade curricular. Agora, além do artigo científico, o Trabalho de Conclusão de Curso da graduação em Design de Moda deve conter a criação de uma coleção com peças comerciais e conceituais para um desfile e, ao menos uma das peças deverá ser elaborada para pessoas que possuem algum tipo de deficiência.

A proposta foi bem aceita pelas estudantes que dessa vez vão passar por todo o processo de lançamento de uma coleção, incluindo a formação de um casting. “Diferente do Desfile de Moda Inclusiva anterior, as roupas não foram elaboradas para uma pessoa específica, mas sim para pessoas que possuem o mesmo tipo de deficiência da pessoa que servirá como modelo. Pensar no outro enriquece o trabalho de qualquer pessoa. O curso está com uma propensão natural a essa visão social. Falamos de algo que está presente no nosso dia a dia”, explica a coordenadora do curso, professora Josiane da Costa Schmitt.

Seis alunas apresentarão as coleções temáticas com a participação de 31 modelos. Entre eles está Eduarda, de 6 anos, que possui um braço amputado. Sua mãe, Márcia Lautert, conta que participar com a filha significa mostrar que todas as pessoas são diferentes. “Todos temos limitações e qualidades, mas todos temos direito às mesmas oportunidades”, diz. Já Greici Rabaiolli, que é mãe da Cecília, de 5 anos, que também irá desfilar, conta que a expectativa é trazer à tona a reflexão. “Aceitamos participar porque essa atividade está propondo um caminho diferente, que é o da moda se adaptando às necessidades das pessoas e não as pessoas tendo que se adaptar a um padrão”, ressalta.

Antes do Desfile haverá apresentação de dança da APAE e o monólogo teatral Ícaro, do autor e ator Luciano Mallmann.

Sobre o monólogo

Ícaro é um monólogo teatral formado por depoimentos ficcionais de pessoas cadeirantes, construído a partir da visão, experiências e percepções sobre a deficiência do autor e ator Luciano Mallmann, que também se tornou um lesado medular ao sofrer um acidente. A peça seguirá a linha teatro documental e sua encenação será de forma simples, sensível e direta na abordagem da fragilidade humana, a qual todos estamos expostos. O espetáculo é formado por 6 cenas, sendo cada uma delas um depoimento de um personagem que sofreu um determinado tipo lesão medular. O objetivo principal é despertar, através de um espetáculo teatral onde a arte transcenderá a condição de cada indivíduo, princípios de igualdade e cidadania através da aproximação da realidade das pessoas com deficiência, derrubando mitos e quebrando paradigmas.

Informações para a Imprensa:
Engaje Comunicação Inteligente
Fernanda Dreier e Rosângela Florczak
(51) 9 9550.8614 e 3378.1136
mercur@engajecomunicacao.com

Acompanhe as notícias do universo Mercur

Cadastre seu e-mail ao lado e receba
todas as notícias e conteúdo exclusivo.

Created by Avanti